Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

QUINTA DO QUIM

FADOを歌おう、キンちゃん邸

FADOを歌おう、キンちゃん邸

Terra Velhinha

百姓風ファドをコミカルに聴かせてくれるユニット Terra Velhinha
この動画は、名曲のファド・ペドロ・ロドリゲスのメロディーに載せて、何だかアブナイ歌を歌っているようだな。

Meu irmão agricultor

Meu irmão agricultor
A estudar para doutor
Quis fazer a munginção
Primeiro foi às vaquinhas
Logo a seguir as cabrinhas
Pra tirar o leite á mão
  
E logo naquele dia
Já a hora ia tardia
Todo o céu escureceu
Ouviu-se ao longe um trovão
E naquele barracão
Ficou escuro como bréu
 
E ele às apalpadelas
Foi mexer nas tetas delas
Já estava a suar
Mas a grande cabra preta
Não deixou mexer na teta
E pôs-se logo a berrar
 
Fazendo força a espremer
Não vendo o leite a correr
Ficou fulo o meu irmão
Escusas de estar a berrar
Dois litros tu tens de dar
É o mesmo que as outras dão
 
Entra a mulher no palheiro
E acende o candeeiro
Oh homem mas que pagode
Isso até parece mal
Deixa lá o animal
Tu estás a mugir o bode

 

Amor é água que corre

Alfredo Marceneiro の Amor é água que corre

Amor é água que corre
Tudo passa, tudo morre
Que me importa a mim morrer
Adeus cabecita louca
Hei-de esquecer tua boca
Na boca d’outra mulher

Amor é sonho, e é encanto
Queixa, mágoa, riso ou pranto
Que duns lindos olhos jorre
Mas tem curta duração
Nas fontes da ilusão
Amor é água que corre

Amor é triste lamento
Que levado pelo vento
Ao longe se vai perder
E assim se foi a tua jura
Se já não tenho ventura
Que me importa a mim morrer

Hei-de esquecer teu amor
O teu corpo encantador
Que minha alma já não quer
Hei-de apagar a paixão
Que me queima o coração
Na boca d’outra mulher

  Augusto César / Alfredo Duarte

Daniela Giblott

歌    Daniela Giblott

ギターラ Sérgio Costa

ヴィオラ Carlos Fonseca

Quem me dera ser o fado

Quem me dera ser o fado que tu cantes
Nas vielas da tristeza e da alegria
Quando estamos de tão perto, tão distantes
Que as palavras não nos fazem companhia

Quem me dera ser o fado em tua boca
Numa entrega repetida em cada verso
Diz-me o corpo que esta entrega nos é pouca
Porque a vida é uma viagem sem regresso

Quem me dera ser o fado que não sou
Quando quero dizer não ao desalento
Quando quero estar contigo onde não estou
E descubro que é de ti que me alimento

Quem me dera ser o fado que procuras
Nas ruínas poeirentas do passado
P’ra roubarmos ao futuro uma aventura
Quem me dera meu amor, ser o teu fado

  Rui Manuel
  Alfredo Duarte Marceneiro (Fado Menor Versículo)

Fado Para Esta Noite

Gisela JoãoXinobi (Bruno Cardoso) のコラボ。
曲は Beatriz da Conceição が歌っていた Fado Para Esta Noite 。

Volta esta noite p'ra mim
Volta esta noite p'ra mim
Canto-te um fado, no silêncio, se quiseres
Mando recado ao luar, que se costuma deitar
Ao nosso lado, p'ra não vir hoje, se tu vieres
 
Anda deitar-te, fiz a cama de lavado
Cheira a alfazema o meu lençol alinhado
Pus almofadas com fitas de cor
Colcha de chita com barra de flor
E à cabeceira tenho um santo alumiado
 
Volta esta noite p'ra mim
Volta esta noite p'ra mim
Canto-te um fado no silêncio, se quiseres
Mando recado ao luar, que se costuma deitar
Ao nosso lado, p'ra não vir hoje, se tu vieres
 
Volta esta noite p'ra mim
Pois só é noite p'ra mim
Ser abraçada, por teus braços, atrevidos
Quero o teu cheiro sadio, neste meu quarto vazio
De madrugada, beijo os teus lábios, adormecidos
 
  Letra: César de oliveira, Rogério Bracinha / Musica: Ferrer Trindade
 

Maria da Nazaré

きのうの当ブログ記事に続いて、同じく11月11日にひらかれた第2回 Gala de Fado da Voz do Operário の模様。

Maria da Nazaré の熱唱。1946年のお生まれ。見た目も華奢なのに、大変パワフルな歌声だ。素晴らしい。

ポルトガルギターは Ricardo Parreira 。ギターは Miguel Silva 。ベースギターは Júlio Garcia 。

Não Digas Mal Dele

Foi mau, não minto, falso, ruim, vil e cruel,
Mas não consinto que ao pé de mim digas mal dele
Tu és banal, não se perdoa, não é decente
Dizer-se mal de uma pessoa que está ausente

 

Não, não tolero e não quero trazer de novo à cena
Dor que ainda me dói, não foi nada contigo
Não, não tolero, a não ser que tenhas pena
De não ser como ele foi, para meu maior castigo

 

Tudo ruiu como um castelo feito na areia
Deves tal brio de não trazê-lo à minha idéia
Agora é tarde para censuras, sabe-o bem
Que Deus o guarde de desventuras, e a nós também

 

Tânia Oleiro

Tânia Oleiro 1979年、リスボン生まれ。かわいい声の持ち主である。

次の動画は、11月11日に開かれた第2回 Gala de Fado da Voz do Operário で歌っているところ。

ポルトガルギターは Ricardo Parreira 。ギターは Miguel Silva 。ベースギターは Júlio Garcia 。

Brincos para brincar

Quando eu era pequenina
P’ra me enfeitar as orelhas
Minha mãe punha-me às vezes
Quatro cerejas vermelhas

 

E toda tola lembro-me ainda
Que ia p’rá escola vaidosa e linda
Brincos vermelhos a dar que dar
Pedia espelhos p’ra me mirar

 

Diziam todos que bem lhe fica
Lembra nos modos menina rica
Via-os revia-os como riqueza
Depois comia-os à sobremesa

 

Um dia as mais raparigas
Filhas como eu da pobreza
Puseram-me nas orelhas
Dois brinquinhos de princesa

 

E toda triques faces coradas
Ia aos despiques nas desfolhadas
Vinham meus brincos de algum vergel
Não punham vincos na minha pele

 

Depois mais tarde vi-te e amei
Deste-me brincos de ouro de lei
Bendito sejas mas na verdade
Vejo cerejas sinto saudade

 Letra: João Linhares Barbosa
 Música: Francisco Carvalhinho

 

 

Nani Medeiros

ブラジル南端に近いポルトアレグレ出身の Nani Medeiros。最近、ファドに力を注いでいて、2017年11月22日の当ブログで紹介した動画では、気持ちよさそうに Fado das horas を歌っている。

次の動画は、おととい投稿されたもの。 Fado Menor のメロディーで歌詞は Os meus olhos são dois círios。 これはアマリアも歌っていたね。

Os meus olhos são dois círios
Dando luz triste ao meu rosto
Marcado pelos martírios
Da saudade e do desgosto

 

Quando oiço bater trindades
E a tarde já vai no fim
Eu peço às tuas saudades
Um Padre-Nosso por mim

 

Mas não sabes fazer preces
Não tens saudade nem pranto
Porque é que tu me aborreces?
Porque é que eu te quero tanto?

 

Mas para meu desespero
Como as nuvens que andam altas
Todos os dias te espero
Todos os dias me faltas

 

 Letra: Linhares Barbosa.
 Musica: Fado menor

子供たちに伝える

ポルトガルの子供たちに、ファドや伝統文化を伝える、ちょっとしたビデオ教材。

外国人である私達にも参考になる。

レゴを使ったコマ送り動画、ギクシャクした動きがかえって手作り感を生み出して良い。

 

Filipa Tavares

もう4年余り前の動画だが、 Filipa Tavares の身振り手振りが可愛らしいので載せておく。上着の柄もいいね。陽性の歌声が魅力。
Fado Triplicadoは 楽しいメロディーだ。これを好む歌手も多いのだろう、歌詞も色んなものがある。
次の歌詞は、その中のひとつだ。

 

Vamos ao Ribatejo

Anda dai, vem comigo
Dar abrigo ao fado antigo
Satisfaz o meu desejo
E traz a tua guitarra
Nossa amarra, porque a farra
É hoje no Ribatejo

Vamos ao amanhecer
Quero ter esse prazer
Ver altivo na montada
O campino tão valente
Vir na frente, velozmente
A conduzir a manada

Vamos também à corrida
Que ela é tida e prometida
Como sendo das mais raras
Que a minha alma delira
E admira um ferro à tira
E a boa pega de caras

Antes da noite findar
A cantar hei-de provar
Que alguém dirá com certeza
Festa de toiros sem fado
Tem agrado, dá seu brado
Mas não é bem portuguesa
 

 Letra: Clemente Pereira
 Música: José Marques

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D