Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

QUINTA DO QUIM

FADOを歌おう、キンちゃん邸

FADOを歌おう、キンちゃん邸

ビニール円盤、生産復活

今しがた、たまたまネットの新聞を見ていたら次のような記事があった。

http://www.asahi.com/articles/ASK6Y621ZK6YULFA034.html?iref=comtop_list_biz_n04 (朝日新聞デジタル)

ソニー、レコード自社生産再開へ 30年ぶり

ソニー・ミュージックエンタテインメント(SME)は29日、アナログレコードの自社生産を約30年ぶりに再開すると発表した。静岡県内のグループ会社の工場で来年3月までに生産を再開し、他社のレコード生産も請け負う予定。同工場ではCDなどを生産しているが、レコード用の設備を導入して生産する。

SMEはCDの普及でレコード需要が減ったため、1989年にアナログレコードの自社生産を終了。その後は国内外のメーカーに生産を委託してレコードを販売してきた。しかし、最近再びレコードが注目されて需要が増え、委託先の生産が追いつかなくなり、自社生産を再開することになった。

日本レコード協会によると、アナログレコードの国内生産は2009年に10万2千枚だったのが、16年には約8倍の79万9千枚にまで増えている。


復活しても自分が買う気はないが、何となく好もしいニュースに思えた。
と思っていたところ、普段はめったに見ないSAPOのニュース欄に同じ内容の記事があることに築いた。
奇遇ですなあ。
こういう話には、ポルトガルの人も興味を示すんだね。

http://24.sapo.pt/vida/artigos/sony-volta-a-fabricar-discos-de-vinil-apos-quase-30-anos

30 anos depois, Sony volta a fabricar discos de vinil

A Sony anunciou hoje que vai voltar a fabricar discos de vinil, após ter cancelado a produção em 1989, devido ao aumento da procura global pelo suporte analógico.

A Sony Music Entertainment, o braço musical do gigante tecnológico, com sede em Tóquio, decidiu retomar a produção de vinis durante o exercício em curso em duas das suas fábricas localizadas no Japão, confirmou uma porta-voz da empresa à agência noticiosa espanhola Efe, sem adiantar o volume de produção previsto.

A empresa japonesa interrompeu o fabrico dos discos de vinil para uso doméstico em 1989, devido à crescente quota do mercado musical conquistada pelos CD, formato físico digital que a própria Sony ajudou a desenvolver e começou a distribuir em 1982.

A Sony espera assim adaptar-se ao renascimento atual que vive o vinil, graças às vendas de álbuns em segunda mão e ao crescente número de lançamentos no velho suporte analógico.

Além disso, a Sony instalou um novo estúdio de gravação no centro de Tóquio especialmente concebido para produzir os ‘masters’ a partir dos quais vão ser geradas as cópias em vinil, e aproveitar melhor a qualidade deste formato, segundo a porta-voz.

No ano passado, as vendas de discos de vinil no Japão atingiram as 800 mil unidades, oito vezes mais do que em 2010, indicam dados da indústria musical japonesa.

Esta tendência tem sido observada noutros pontos do mundo, como no Reino Unido, onde, no passado, as vendas dos vinis chegaram a superar as da música em formato digital, ou nos Estados Unidos, onde foram vendidos 17,2 milhões de discos em 2016.

 

Saudade, silêncio e sombra

 

Pedro Moutinho

 

A saudade, meu amor
É o martírio maior
Da minha vida em pedaços
Desde a tarde desse dia
Em que ao longe se perdia
P'ra sempre o som dos teus passos

 

Saudades fazem lembrar
Segredos no teu olhar
Silêncios na tua voz
E essa antiga melodia
Que o vento na ramaria
Murmurava só p’ra nós

 

Lembras-te daquela vez
Em que eu cantava a teus pés
Trovas que não tinham fim
Quando o luar prateava
E quando a noite orvalhava
As rosas desse jardim

 

Jardim distante e deserto
Sinto tão longe e tão perto
O passado que me ensombra
Devaneio e realidade
Silêncio, sombra, saudade
Saudade, silêncio e sombra

 

  Letra : Nuno Lorena
  Música : Pedro Rodrigues

Barquito corcel

きのうアップされたYOUTUBE動画。謎の早口言葉にしか聞こえない…

Vera Monteiro

 Barquito corcel

Cada vez que se faz ao mar, o meu barquito
Leva a esperança, as redes, e os remos p'ro labor
Cada vez que se faz ao mar todo expedito
Acredito que o mar ao meu barquito tem amor

 

Cada vez que ele afastando as ondas faz distante
Minha aldeia que dorme no sossego do luar
Mais eu sinto que há nele o jeito terno do amante
Que em segredo se encontra á luz da lua com o luar

 

Ai meu barquito corcel
Pulando as ondas do mar
Rabo de espuma e a pele curtida
P'lo sol e o luar

 

Cada vez que o vejo sobre a areia, vejo a mágoa
Que aparece quando se tem longe o nosso amor
Mas depois, logo a maré enche e um beijo de água
É carícia que faz enaltecer-lhe a viva côr

 

Cada vez que vê sobre o seu mar outra conquista
Ergue a proa gritando em desafio essa traição
E então, nos seus olhos de mar logo se avista
O ciúme romper-lhe em maré cheia o coração

 

Ai meu barquito corcel
Pulando as ondas do mar
Rabo de espuma e a pele curtida
P'lo sol e o luar

 

 Letra e Musica : Jorge Fernando

 

Tiago Simões

 ギターは Bernardo Viana 。そしてポルトガルギターは、故 Sidónio Pereira

Luis Carlos

Luis Carlos 。髪は長いが男の子である。
次の動画は、Mouraria で毎年行われている Fernando Maurício 追悼のファド祭での様子(昨年7月)。この時彼はたぶん11歳。
彼のファドの師匠 Vitor Miranda が長髪なので、それにあやかって髪を長くしているのかな。
( Vitor は長髪の上にごつい体をしているので、見た目はファディスタというより、ロック歌手かプロレスラーみたいである)
次の動画でポルトガル・ギターを弾いているのは、Sérgio Costa だね。

Na boca de toda a gente 

 Se eu te disser ao ouvido

Que o fado me tem pedido
Para ninguém o cantar;
Por favor, guarda segredo
Porque o fado está com medo
Que alguém o queira matar

 

Anda tão envergonhado
Que diz que já nem é fado
Nem julga que o fado exista
Porque quem sente vaidade
Em dar abrigo á saudade
Já não pode ser fadista

 

E depois o fado diz
Que não pode ser feliz
Na boca de toda a gente
E que talvez a meu lado
Possa voltar a ser fado
Como era antigamente

 

É por isso que eu lhe digo
Que quando lhe dou abrigo
Sinto o peito tão cansado
E um dia, talvez consiga
Que ao chorar o fado diga
Que quer voltar a ser fado

 

  Letra: Tiago Torres da Silva 
  Música: Daniel Gouveia 

 

Teresinha Landeiro

Teresinha Landeiro 19歳。大御所セレステ・ロドリゲスの前でも、物怖じせぬ伸びやかな歌いっぷり。素晴らしい。

O Teu Olhar (Fado Olga)

Desde que vi os teus olhos
Tenho o meu fado marcado
Meu fado, são os teus olhos
Teus olhos, são o meu fado

 

Teus olhos, meninos tontos
Dentro de mim estão brincando
Se ergo os meus olhos um pouco
Vejo os teus olhos dançando

 

Eu quis cantar ao teu olhar que me encantou
Pois nele achei, como não sei, inspiração
Foi o calor dum olhar teu
Que me prendeu, e desde então
O teu olhar é a razão desta paixão

 

Todas as minhas canções
Vivem do teu lindo olhar
Quando não olhas p'ra mim
Já eu não posso cantar

 

Teus olhos são dois poetas
De grande imaginação
Foram eles que ditaram
Os versos desta canção

 

  Letra: Fernando Farinha
  Musica: Carlos Ramos

O Vento (Fado Magala)

O Vento - Fado Magala
Francisco Salvação Barreto 

Teresa Siqueira 

Maria Teresa de Noronha 

Se o vento soubesse ler
Leria em meu pensamento
A loucura de te ver
A toda a hora e momento

 

Dizer-te aquilo que sinto
Não sei se parece mal
Diz que sim, não te desminto
O que sou eu afinal

 

A brisa quando ao passar
Murmura entre a folhagem
Palavras para te adorar
Carinhos à tua imagem

 

Ouve esta frase sentida
Sem amor não há viver
Amar é próprio da vida
Ai se o vento soubesse ler

 

  Letra: Maria da Graça Ferrão
  Música: Américo Duarte

ウクレレ・ファド

Fado Lelé は、ウクレレを伴奏に、ファドや色んな音楽をやるリスボンのグループ。

歌 Ana Castelo 、ウクレレ Miguel Castro 、バンドリン Filipe Silva 、ドラム Manu Teixeira 

Uma Casa Portuguesa 

Numa casa portuguesa fica bem
Pão e vinho sobre a mesa
E se à porta humildemente bate alguém,
Senta-se à mesa com a gente
Fica bem esta fraqueza, fica bem,
Que o povo nunca a desmente
A alegria da pobreza
Está nesta grande riqueza
De dar, e ficar contente

 

Quatro paredes caiadas,
Um cheirinho à alecrim,
Um cacho de uvas doiradas,
Duas rosas num jardim,
Um São José de azulejo
Sob o sol da primavera,
Uma promessa de beijos
Dois braços à minha espera
É uma casa portuguesa, com certeza!
É, com certeza, uma casa portuguesa!

 

No conforto pobrezinho do meu lar,
Há fartura de carinho
A cortina da janela e o luar,
Mais o sol que bate nela
Basta pouco, poucochinho pra alegrar
Uma existência singela
É só amor, pão e vinho
E um caldo verde, verdinho
A fumegar na tijela

 

Quatro paredes caiadas,
Um cheirinho à alecrim,
Um cacho de uvas doiradas,
Duas rosas num jardim,
Um São José de azulejo
Sob o sol da primavera,
Uma promessa de beijos
Dois braços à minha espera
É uma casa portuguesa, com certeza!
É, com certeza, uma casa portuguesa!
É uma casa portuguesa, com certeza!
É, com certeza, uma casa portuguesa!

 

Feliz Ano Novo 2017

謹賀新年 臥薪嘗胆 唯我独尊 阿鼻叫喚

本年もよろしくお願い申し上げ奉り候

 

茨城県取手市に真言宗の東谷寺という寺がある(行ったことはないが)。ここの住職さんが太鼓マニアで、毎年元日に趣味と実益を兼ねて奉納太鼓を披露している。

次の動画は昨年のものだが、なかなか面白いので紹介する。今年の演奏は、また後日、YOUTUBEにアップされることでしょう。

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D